Tipos de extintores de incêndio e suas aplicações

Precisando saber mais sobre extintores de incêndio? Chegou ao lugar certo. Estas informações básicas podem salvar vidas e evitar danos ao patrimônio.

Conheça os tipos de extintores de incêndio, suas aplicações, as classes de incêndio e um resumo do seu funcionamento e se previna para o caso de um dia precisar usar um destes equipamentos em uma situação de emergência.

1 – Extintor de gás carbônico (CO2)

Extintores CO2 - Gás Carbônico

O extintor de gás carbônico é usado para eliminar pequenos focos de incêndio gerados por líquidos inflamáveis (classe B) ou ainda para equipamentos energizados (classe C). O gás carbônico não conduz energia elétrica, de modo que este tipo de extintor é empregado em locais onde há presença de energia elétrica, mas também pode ser usado para debelar focos de incêndio ocasionados por líquidos inflamáveis.

O extintor de CO2 libera uma nuvem de gás que abafa e resfria o foco do incêndio.

2 – Extintor de pó químico seco

Extintor Pó Químico

Este tipo de extintor usa potássio ou bicarbonato de sódio quimicamente tratados para absorver a humidade. O agente extintor é propelido por nitrogênio ou gás carbônico, e quando direcionado para o incêndio, forma uma nuvem de pó sobre a chama que elimina o oxigênio.

Após o acionamento do extintor, uma nuvem de gás carbônico e água resultam da queima do pó em contato com o foco do incêndio.

 

3 – Extintor de água pressurizada de pressão permanente

Extintor de Água Pressurizada

Se consiste de um cilindro com água pressurizada, sem gás propelente. O funcionamento não poderia ser mais simples, bastando abrir o registro para que a passagem da água.

O extintor de água pressurizada de pressão permanente é´usado em incêndios de classe A.

 

4 – Extintor de água com pressão injetada

É um cilindro contendo água como agente extintor, acompanhado de outro pequeno cilindro fixado ao cilindro principal contendo água. O cilindro menor contém o gás propelente, que, uma vez liberado através da abertura do registro, penetra no cilindro com água, forçando sua saída.

O agente propulsor do extintor de água com pressão injetada é o gás carbônico (CO2) e este tipo de equipamento é usado em incêndios de classe A (papel, tecidos, madeira, fibras, etc.).

 

Onde usar os tipos de extintores de incêndio?

  • Extintor de espuma:em fogos de classe A ou B
  • Extintor de gás carbônico (CO2):preferencialmente em fogos de classe B e C, mas pode ser usado no início de um foco de classe A.
  • Extintor de pó químico seco:Usado em fogos de classe B e C. Um tipo especial de extintor de pó químico seco poderá ser usado em incêndios de classe D.
  • Extintor de água pressurizada: Usado em incêndios Classe A.
  • Extintor de água com pressão permanente: Usado em incêndios Classe A.

 

Classes de incêndio

Classes de Incêndio

  • Classe A: Materiais de fácil combustão que são consumidos na superfície e profundidade, além de deixarem resíduos pós combustão. Fibras, papel, madeira, tecidos são alguns exemplos de materiais que causam incêndios de classe A.
  • Classe B: Materiais inflamáveis que queimam somente na superfície, não deixando resíduos.  Óleo, graxas, vernizes, tintas e gasolina, são alguns exemplos de materiais que causam incêndios de classe B.
  • Classe C: Materiais ou equipamentos energizados. Motores, transformadores, quadros elétricos e equipamentos eletrônicos são alguns exemplos de materiais que causam incêndios de classe C.
  • Classe D: Materiais pirofóricos, que sofrem combustão espontânea e potencialmente muito violenta. Magnésio, zircônio, titânio, são alguns exemplos de materiais que causam incêndios de classe D.

 

3 Comentários
  1. A pesquisa me serviu muito. era exatamente o que eu precisava. obrigado.

  2. Corrigir incêndio de classe C no quadro vermelho

    Trata-se de materiais ou equipamentos energizados.

    Obrigado.

Deixe uma Resposta.

banner